Metamorfose


E daí surgiu a expressão "saiu do casulo".

Todo machão tem uma borboleta dentro de si, doida pra sair.

Não é um erro, o termo é "estádio" mesmo.


Essa espécie de borboleta existe de fato. A tradução do seu nome (Queen Alexandra birdwing) é algo como "Rainha Alexandra". Muitas vezes é confundida com uma ave (daí o nome birdwing - asa de passarinho) devido ao seu tamanho: pode chegar a 25 cm de envergadura. Além disso, a espécie possui dimorfismo sexual: a variedade colorida iridescente retratada na tira é o macho; a fêmea costuma ter uma envergadura maior, mas menos conspícua, de cor marrom com pintas brancas.

Tal como ocorre com aves, esse tipo de dimorfismo indica um processo de seleção sexual denominado fisheriano: ao gastar uma grande quantidade de energia na produção de cores exuberantes, que potencialmente o torna mais vulnerável a predadores, e mesmo assim tendo sobrevivido para chegar à idade reprodutiva, o macho demonstra à fêmea que possui bons genes.

1 parpite azedo:

Nada tão satisfatório quanto saber que seu comentário fex a diferença.