Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Tietando o Coala



Como eu mencionei há uns dias, neste sábado fui até a Monkix pegar o meu autógrafo do Fábio Coala.


Já havia fila quando eu cheguei, às dez pras quatro. Felizmente eu já tinha comprado meu exemplar na quarta. Confesso que deu um certo nervoso, eu não estou acostumado a tietagem. Aliás, tietar é coisa de vardomiro, por isso este post. Tirando o fato de que me sinto patético fazendo este tipo de coisa, tem também o outro, o de eu ser um completo antissocial, característica que se potencializa quando da presença de pessoas desconhecidas ou figuras de autoridade. Independente de serem famosas.

Bom, como poder-se-ia inferir do humor das tiras, textos, ilustrinhas e ilustronas, o cara é uma simpatia só. Não sei dizer o quão celebridade ele é, porque o site dele tem apenas dois anos; as pessoas parecem pensar que cartunista genial no Brasil, só tem Maurício de Souza e Ziraldo. Mas como eu costumo pregar, não preciso de validação. O cara tem talento, muito. Que fosse só eu fã dele, continuaria sendo assim mesmo, tivesse ele um ou cinquenta anos de carreira.

O momento "Ooooowwwnnnn!!!!" do dia foi quando uma menininha (Julia, vi depois em seu Facebook) levou pra ele um rinoceronte de pelúcia. Quem acompanha o site sabe: ele curte rinocerontes. Espero que entre nas próximas séries do Na Mesa do Coala.

Já da fila, eu animei: ele tava fazendo desenhinhos junto com os autógrafos. Pô, massa ter um livrinho desses, hein! Com desenho do autor...

Esqueci de levar a câmera; até estava com o celular, mas não tive coragem de pedir pra tirarem uma foto dele comigo. Quando chegou a minha vez, já tinha uma fila gigante, e ele dava uma boa dose de atenção pra cada um, conversava e tals. Tirei umas fotos da fila, e foi o que deu pra fazer no meu travamento. Mas tem uma com a senhora Coala ao fundo.



Apertamos as mãos, sentei ao lado dele - era um daqueles pufes rígidos e quadrados - e ele perguntou meu nome. Falei: 

- Fernando, mas pode colocar 'Fex' na dedicatória.

- Fex? Fex... eu já ouvi isso antes...

- No seu site, claro, eu moro lá.

Sim, é sempre o primeiro que eu visito todos os dias. Conversamos um pouco, perguntei da técnica dele, disse que sempre me impressionavam cartunistas que desenhavam seus personagens de prima, sem rascunhar. Perguntei que caneta ele usava, que espessura, se ele sempre passa a tinta no papel mesmo... afinal, não conheço muitos desenhistas profissionais! Tenho que aproveitar as oportunidades que aparecem.

Obviamente que eu fiz duas vardomirices. A primeira, mais inofensiva, tem mais a ver comigo mesmo: eu queria ter dito a ele que o melhor trabalho dele que eu conhecia era a história Alguns Segundos. Ele faz um grande trabalho tanto nas tirinhas humorísticas quanto naquelas mais reflexivas, mas esta história em particular eu acho muito tocante e verdadeira.

A segunda vardomirice foi uma gafe: numa desajeitada tentativa de elogiar, eu disse que ele era "top 3" dos sites de tirinhas. E é verdade, eu não sei dizer qual dos três gosto mais. Mas ali não era o momento, entende? Ali era a hora dele, carai. Não tinha nada que falar de top 3, é meu preferido e acabou. E também é verdade, uma vez que não faço distinção de preferência entre os três. Ainda tentei emendar dizendo que visito uns cinquenta sites de tirinhas por dia (o que parece uma hipérbole, mas não é), mas fui embora com essa manga pra chupar.

Meu personagem favorito dele é o Marcos Heulálio, mas eu pedi o Natanael por conta dessa estranha fascinação que eu tenho pela figura dos anjos. Tanto que tentei fazer minha própria versão do Auréolo:



Não ficou parecido, mas eu vou estudar bastante cartum, quem sabe um dia? rs

2 comentários:

  1. Eu tenho a mesma opinião. Falei com ele (com desenho do MH), tirei foto, tietei aqui na AnimeXtreme, neste feriadão e o Coala é uma cara sensacional, gentil, atencioso. Eu já era fã do artista, fiquei fã dele como pessoa tb. Abraço pra ti e esse teu anjo ficou show.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Estou começando agora nessa história de desenhar, apesar de todos os avisos dos desenhistas.

      O Coala, pra mim, é um dos grandes artistas de quadrinhos brasileiro. E o fato de ele ser um cara humilde e simpático só aumenta minha admiração por ele.

      Excluir

Comente! Invente! Faça o Fex mais contente!