Pesquisar este blog

sábado, 31 de março de 2012

Na zona



Este desenho demanda uma pequena explicação: há alguns meses reuniram-se alguns indignados nativos de Itaú de Minas, minha cidade natal, e formaram um grupo de discussão no Facebook, que tem se mostrado verdadeiramente ativo na fiscalização das irregularidades que acontecem na administração pública local.


O destaque dos últimos dias é uma nota fiscal proveniente da boate Parthenon, conhecida casa de tolerância brasiliense, referente a um evento político ao qual compareceu o prefeito e alguns outros aliados. Isso mesmo: os caras foram na ZBM (zona do baixo meretrício), gastaram R$ 286,00 e tiveram a cara-de-pau de levar a nota como comprovante de gastos para a prefeitura, pelos quais foram ressarcidos. Ou seja: gastaram dinheiro seu e meu no bordéu. 

Até o Ministério Público já abriu investigação pra apurar a denúncia, e tá o maior quiproquó na Itauzim, que bem poderia chamar-se Tubiacanga, tamanha a semelhança de alguns acontecimentos com a ficção. E eu tive a idéia de fazer essa charge aí.

Tá certo que a gente sabe que a politicada gosta de f**** com o dinheiro do povo, mas esse pessoal foi meio literal demais... 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Invente! Faça o Fex mais contente!