Pesquisar este blog

domingo, 5 de fevereiro de 2012

( Y )ou Tube

Homem é um bicho tosco.

Gosto de viajar pelos links relacionados do You Tube. Sabe, aqueles thumbs que ficam à direita do vídeo que você está vendo, que levam a outro vídeo, que por sua vez tem seus próprios links relacionados, ad infinitum.

Parece a minha corrente de devaneios. Quando eu começo a pensar nas coisas, um assunto vai puxando o outro, até que eu me dou conta de que não só o tópico atual do pensamento em nada tem a ver com o que comecei a pensar, como muito provavelmente eu já nem lembre como é que aquilo tudo começou.

É um bom exercício, recomendo: tentar rastrear de volta a linha de pensamento até o original. Como um Teseu da psique. A diferença, aliás, do You Tube pros emaranhados da minha mente é que meu cérebro não tem navegador com botão de "voltar".

Mas divago. Hoje, meu primo passou um link do You Tube que mostra uma surfista quase sendo engolida por uma baleia. De fato, já o tinha visto, foi muito divulgado nos últimos dias:





Nos links relacionados, uma dessas relações esquisitas que só os mecanismos de busca da internet conseguem fazer: uma moça decotada falando do feriado de Ação de Graças estadunidense.

Navegando a partir deste link, descobri que existe toda uma espécie de categoria de vídeo do You Tube, que consiste de moças decotadas falando coisas desinteressantes sobre assuntos igualmente inócuos. Elas não são engraçadas, nem especialmente inteligentes, e não se ouve nada realmente original. No geral, nada mais do que um monte de reclamações de patricinhas. É só isso. Blá blá blá, uma peituda falando.







Olha, nada contra peitudas decotadas (muito pelo contrário!), mas é uma puta sacanagem! Pra um cara conseguir o mesmo número de views, ele precisa ou fazer uma coisa muito estúpida e diferente, ou elaborar algo que exige muita criatividade e sagacidade. Elas não. Tudo que elas precisam pra terem audiência é ter seios grandes em frente a uma câmera!!!

Eu até pensei em reclamar do sexismo, que isso é uma desvantagem muito grande mas, cá pra nós, elas não são as responsáveis. Por exemplo, se eu soubesse que, pra conseguir muitos leitores pro meu blog, eu só precisasse, sei lá, vestir uma camisa vermelha, será que eu não faria isso? Acho que faria. Claro, a maioria das pessoas só ia acessar pelo "decote-equivalente", o que invalidaria a iniciativa de conseguir leitores. Mas se minha preocupação fosse unicamente conseguir audiência pra mostrar a um patrocinador, missão cumprida.

Não, não. Os responsáveis são os homens, esses broncos. Porque, no fundo a Dilma Russef (do Kibeloco, não a presidenta) é que tá certa. Não precisa mais que isso: um decote mais revelador, uma sainha mais curta, um reboladinho ali e pronto: ali constitui-se um séquito.

Pelo menos uma ou outra parece ser minimamente consciente. Quer dizer, considerando que ela esteja sendo irônica intencionalmente...





P.S.: Em tempo: apenas assisti a estes vídeos para ter material para este post. :P

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Invente! Faça o Fex mais contente!