Pesquisar este blog

sábado, 14 de janeiro de 2012

Bambambices

O lugar onde trabalho segue um estratificado processo para fornecer material aos setores que deles necessitam: o supervisor local encaminha o pedido ao diretor local de almoxarifado, que por sua vez encaminha ao meu setor. Assim que recebemos, enviamos para aprovação da diretoria local, subordinada diretamente da diretoria administrativa geral. O material só sai com autorização expressa.

Inclusive para setores do mesmo edifício.

Material que envolve layout então, é ainda pior: antes de passar por nós, o pedido deve ser avaliado pela engenharia, que deve analisar uma série de normas legais e internas a respeito da estrutura do prédio, acessibilidade, etc.

Pois hoje chegou um pedido estranho via sistema. Seguindo a rota da solicitação, deu pra ver os tortuosos caminhos que ele percorreu: há alguns dias, uma das bambambam da empresa enviou para nós um pedido de mesas de apoio para a papelada de seus setores subordinados, diretamente para nós. A solicitação foi devolvida, com polidas explicações de que estávamos presos às resoluções internas, que determinavam os passos do pedido. Meu chefe não tem autoridade para atender daquela forma, ainda que fosse um pedido da presidenta.

Entretanto, alguns dias depois o pedido vem, não do almoxarifado local, muito menos da engenharia: vem direto do Diretor Geral, que até merece umas letras maiúsculas. A bambambam passou por cima de todos os procedimentos, foi direto ao chefão e determinou que fosse atendido. E o dito, único que poderia dizer um não direto e seco à solicitação... mandou atender àquela merda.

Parece besteira, mas vocês não têm idéia do B.O. que é quando algum procedimento falha. Há alguns dias meu chefe correu reais riscos de ser substituído devido a umas exceções que ele abriu a contragosto, há alguns anos, em virtude da completa urgência da situação.

E o detalhe mais interessante: no pedido não estavam especificadas quantas mesas ela precisava! Autorizar umas coisa assim é como assinar um cheque em branco: se ela pedir todas as mesas do estoque, vamos mandar pra lá e acabou.

Por essas e outras é que é difícil respeitar chefe. Falam grosso pra cima dos funcionários, mas na hora que a coisa aperta, são um bando de cagões.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Invente! Faça o Fex mais contente!