Pesquisar este blog

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Stephen made in Taiwan vai a Guarulhos... a pé.

Veja o início desta história aqui.

Gosto de frases feitas e citações. Sou um admirador de idéias, e também da forma com que estas idéias se propagam.

Uma das que eu marquei é a seguinte: “Nunca duvide da inteligência humana, embora esta seja limitada; e menos ainda da estupidez, pois esta não tem limites.”

Achei que a saga do Stephen Hawking migué havia acabado... minto. Achei que iria ouvir mais umas reclamações do sumiço, e a coisa se resolveria num tópico da EPER perguntando por que ele fez todas estas coisas.

Mas errei feio. Ontem “ele” nos brindou com mais algumas pérolas. Entre aspas, pois já estou pensando que ele não existe, e que a tal mina ta é me trollando. Rs

Estava na internet, a Poliana me aborda do bate-papo do orkut. E a história se segue: ela conversou com a irmã do cara (!). De alguma maneira, ele passou um endereço do messenger, supostamente da irmã do cara. A tal irmã, falando diretamente de Tel Aviv (?), diz que eles são uma família de israelitas (!!) judeus ortodoxos (!!!), mas que ele nunca conta isso pra ninguém. Questiono se o português do cara era impecável, ela diz que sim, que ele fala mais dois idiomas: hebraico e inglês britânico (!!!!).

Na conversa a “irmã” confirma a tal da esclerose amiotrófica lateral, diz que desde que ele recebeu o diagnóstico, anda fazendo coisas bizarras.

Nesse instante, o relato fica (ainda mais) estranho. Ela diz que ele foi da Praia Grande até Cumbica (onde embarcaria pra Israel) a pé! É, isso mesmo, mais ou menos cem quilômetros de caminhada em plena Imigrantes. Presumo que ela tenha descoberto isso no decorrer da conversa com a “irmã”, pois ela disse que chorou e já estava quase chamando a polícia (!), quando soube que ele estava no aeroporto.

Bizarro? Pois é, tem mais.

Esse tipo de conversa costuma me cansar. Porque eu não sou idiota. Ou essa menina tem algum retardo, ou então ela tá me zuando.  Como sou eu que está dando corda, então não importa, mas não perco qualquer tempo extra. Fui tomar banho. Na volta, ela vem com notícias fresquinhas.

Diz que descobriu, através de uma “formiguinha” (sic), que a história da doença é mentira (jura?!?). Que o rapaz é carente, e que inventa estas histórias pra chamar a atenção (sei...). Na verdade, a “irmã” dele era ele mesmo (não diga!!) em outro messenger. Mas algumas informações são verdadeiras: não há Cida (hein?? Ah, Cida é a namorada), a namorada dele é ela mesmo, e ele está apaixonado de verdade. Ah: a família compra as mentiras do pobre também...

Ela tenta fazer um mistério sobre a identidade da tal Formiguinha. Pensei que pudesse ser algum perfil conhecido da EPER. De qualquer forma, minha curiosidade se restringe a coisas de utilidade ou interesse. Nem quis saber quem era a Formiguinha, mas continuei caçoando de toda essa mentirada.
A melhor maneira de você convencer a te contar um segredo é não estar interessado nele. Ela resolve me contar quem é a “Formiguinha” que tinha tantas informações: era Janaína, a MENTORA ESPIRITUAL dela.

Parece roteiro de filme do Casseta & Planeta, né?

Fico na dúvida: como assim, “mentora espiritual”? É uma guru que lhe dá orientações, ou é realmente um espírito zombeteiro? Pergunta idiota: é lógico que é um espírito, uma alma de luz que a acompanha, e que sabe tudo sobre passado, presente e futuro. Questiono a razão de ela não a ter avisado até então, ela diz que esqueceu de perguntar.

E, segundo consta, a espírito é meio perva, que estava lá no motel enquanto eles transavam, e dizia coisas como “come ele”, ou “faz direitinho, ele merece”. Pois é, espírito voyeur. Ela ainda ressalvou que o moleque era inexperiente sexualmente, por isso que brochava ao colocar a camisinha. Obviamente que ela não entende meu comentário do mau sinal que é isto: se o cara amolece ao emborrachar, é sinal de que não tem o hábito de usar a dita. E ela preocupada com infecção por E. coli do beijo grego!

Bom, deixo pra vocês as seguintes considerações.

a) ela é esquizofrênica, precisa de tratamento urgente. Um PC na mão dessa menina é uma arma!

b) ele simplesmente tem namorada e uma mente muito fértil.

c) ela está me trollando grandão!

d) meu tempo não anda valendo lá essas coisas...

e) todas as anteriores

0 comentários:

Postar um comentário

Comente! Invente! Faça o Fex mais contente!